defronte ao dito cujo

Noitefut é o nome que acabei de inventar para o futebol noturno.
Esse aqui relatado com imagens aconteceu ontem de madrugada no obelisco do ibirapuera, aqui em sp.

Tudo começou quando acabou a festa de aniversário da Juby, ou melhor, teve que ser acabada em função do barulho que nós, convidados, fazíamos.
Como festeiros então sem-teto decidimos que o sarau musical e o bate papo continuariam em algum lugar publico aberto. O obelisco foi o escolhido.
Assim que chegamos no mausoléu-rotatória em vez de pegar o violão e o pandeiro, resolvi pegar a bola de futebol. O que rolou na sequência foram atrocidades para com a redonda via caneladas, mãos, sapatos sociais e scarpins. Tudo na maior confraternização.

A pelada na noite úmida só acabou quando saiu um Policial Militar de dentro do mausoléu do obelisco e, mesmo sem nos dirigir a palavra, fez com que tomássemos a decisão de debandar. Até porque já era meio da madrugada de uma terça-feira.