You are currently browsing the monthly archive for maio 2008.

Uma ilustraçãozinha para a Veja na Sala de Aula, que é um suplemento educativo que a gente faz as ilustras toda semana para editora Abril.
Essa era para uma aula sobre coisas que incomodam o sono.

Sexta feira passada rolou a vernissage da Ivasão Tsunami.
A exposição foi até domingo, ou seja, já passou.

Na correria acabei não postando o convite aqui no brog, mas posto algumas fotos malclicadas aqui para quem estiver curioso em saber como foi.
Digo malclicadas não por falsa modéstia, mas dessa vez ficaram bem meia boca mesmo. Foi difícil selecionar uma meia dúzia publicável aqui.

O evento foi bacana, com trabalhos de ilustradores que gosto muito.
Dentre eles Kako, Bruno D’Angelo, Carlo Giovani, Thais Ueda, Amanda Grazini
Tudo sob os cuidados das curadoras FLávia e Érika (valeu, meninas! foi bem divertido).

Eu participei de raspão do evento com um sticker feito no ano passado e fotografando a noite de abertura.
E bebendo um sakezinho para dar aquela aquecida na noite, claro.

Oba, fui indicado mais uma vez ao HQ Mix, que é a principal principal premiação de quadrinhos do Brasil.
Dessa vez concorro com o meu trabalho final da faculdade, a revista Na Bodega – colóquio ilustrado. (acima a capa aberta)

A categoria em que fui indicado acho que é nova: “Publicação independente especial”, da outra vez eu concorri na categoria “Prozine” que deve ser algo parecido.
A organização vai se adaptando como pode ao modo variado como os quadrinista brasileiros se viram para publicizar seus trabalhos.

Esse ano vou concorrer com uns pesos pesados e acho praticamente impossível ganhar alguma coisa.
Não bastasse a qualidade dos outros trabalhos, que altíssima, o meu trabalho foi uma tentativa de experimentar recursos gráficos e narrativos, mas que acabou ficando tudo meio desconexo.

Olha a lista dos meus concorrentes:

26) Publicação Independente Especial

– 5 (esse foi feito por Bá, Moon, Grampá, Vasilis e Becky Cloonan e foi indicado tb ao eisner awards!!)
– Contos Tristes (Estevão Ribeiro)
– El Terrado (Maxx)
– Música para Antropomorfos (do fábio zimbres, muito bom)
– Na Bodega (mim!)
– O Relógio Insano (guazzelli)
– Schem Há-Mephorash (sam hart)

Para ver a lista completa de indicados clique aqui.

Talvez eu tenha mais chances de ganhar alguma coisa na categoria teses e trabalhos finais. Só não posso esquecer de enviar cópias do meu trabalho para a comissão organizadora. :P

Tudo isso me faz lembrar que eu tenho produzido poucas HQs.
Ai, ai.

Abaixo umas das poucas páginas que eu gosto da minha revista.
Na verdade a partir desse pedaço que vem a parte que eu gosto da história, que é quando fica tudo com fundo preto.

Toda semana a gente tem colocado uma imagem nova no site da pingado.
Eu, que sou prático, acabei colocando duas vezes algum trampo que caia bem como homepage.

Mas teve uma vez que eu fiz uma ilustra sobre foto (acima) que ajuda a dar uma noção de como é nosso ambiente de trabalho.
Foi razoalvemente tranquilo de fazer (se bem que ficou com um arremate meio grosseiro em algumas partes, mas tudo bem).

Gosto bastante da primeira imagem que o Robles fez, parece um pastel oleoso, mas é photshops.
Mas as do Preto que parecem desenho de mesa do colégio tb ficaram legais.

Enfim, aos que forem visitar o site, basta ir clicando nas setinhas no canto inferior da homepage que muda a imagem.

Ilustração que eu fiz essa semana para a revista da Caixa Econômica Federal.
Aproveitando o ano de comemorações japas, eles fizeram uma reportagem sobre a liberdade.

A lista de pontos destacados é essa:

1.Bunkyo – Museu da Imigração Japonesa e Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social
2. Colégio Campos Salles (futuro Museu Manabu Mabe)
3. Oratórios Daibutsudo
4. Restaurante Aska
5. Restaurante Bueno
6. Restaurante Kaburá
7. Templo Budista Busshinji
8. Metrô São Joaquim
9. Restaurante Sushi-Yassu
10. Restaurante Gombe
11. Restaurante Deigo
12. Restaurante Shushi Lika
13. Capela dos Aflitos
14. Itiriki Bakeri
15. Portal Torii
16. So Go Plaza Shopping
17. Minikimono
18. Loja Marukai
19. Capela santa Cruz dos enforcados
20. Livraria Fonomag
21. Restaurante Kinoshita
22. Restaurante Sendai
23. Livraria Sol (Taiyodo)
24. Metrô Liberdade

Fiz uma ilustração para o cartão de dia das mães da loja esencial.
É complicado mexer com a aquarelas, foi difícil para sair uma mais ou menos legal e ainda assim tive que arrumar bastante no photoshop depois para ficar aproveitável.
Um dia, quem sabe, eu faça o curso do Cárcamo e, aí sim, eu entenda os mistérios dessa tinta aguada.

Antes dessa versão final (acima) eu havia começado uma outra linha de acabamento só em photoshop, mas que acabou não rolando (abaixo). Mesmo gostando mais do guarda-chuva, acho que a versão final-aquarela ficou mais bacaninha.

Fiz uma ilustração para a revista Arquitetura e Construção.

Valeu para lembrar os velhos tempos de faculdade em que fazia essas perpectivas croquizadas à mão.
Esse daí acima eu fiz 100% no photoshop com brushes e tablet.

A revista ainda nem saiu na banca e, quando sair, a ilustração vai estar cortada no meio, metade em uma página e outra metade no verso da primeira.
Ou seja, caro visitante do brog, vc está vendo em primeira mão e, além disso, de um modo que o leitor da revista não verá!

Pelo jeito a nova etiqueta do mercado imobiliário é ser sutentável. A reportagem ilustra quais são os itens que um prédio que almeja sustentabilidade deve ter.
Eu acho que o problema não se resolve na escala do edifício, de que adianta jogar alguns litros de água a menos na descarga e continuar usando o rio de esgoto? Mas enfim, interessante para ver quais eco-apetrechos estão sendo produzidos em escala industrial.

Abaixo mais ou menos com a página ficará diagrama, lembrando que elas serão frente e verso.

sobre

Gil Tokio
São Paulo | Brasil
26 anos




BlogBlogs
Join My Community at MyBloglog!
Add to Technorati Favorites


maio 2008
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Flickr



mac+

casa do futuro

Mais fotos

estatísticas

  • 103,165 hits

© copyright

Não é permitido o uso das imagens deste blog em qualquer mídia e território sob risco de penalidades legais. Muitas das imagens deste blog foram feitas sob encomenda e os diretos de uso são restritos.