You are currently browsing the tag archive for the ‘gil tokio’ tag.

Anúncios

Acima, a HQ que fizemos (eu e o Cadu) durante o primeiro dia de Campus Party.
Feita na correria, em 2 horas, mas ainda assim até que gostamos dela.

Talvez qdo a gente tiver mais tempo para caprichar piore, haha.

Pus fotos do evento no flickr: http://www.flickr.com/photos/giltokio/sets/72157612716773949/

Ontem foi o lançamento do Zine Royale 3 na livraria HQMix.
A revista é editada pelo Jozz , premiado esse ano como desenhista revelação.
Gosto bastante como o Jozz tá conduzindo o trabalho dele nos quadrinhos, em especial da maneira como ele trabalha a narrativa das suas histórias.
Neste número temos, além das hqs muito boas, uma entrevista com o Marcatti, uma matéria sobre fanzines por Gazy Andraus e ilustrações que a gente do estúdio Pingado fez.

Acima uma dessas nossas ilustrações, neste caso fiz só com fotomontagem.
Abaixo a capa ilustrada pelo Marcatti e uma imagem pequena de como ficou a minha outra ilustração inserida na página.


Prezado Gil,

Como Presidente do 20 HQMIX e como membro da Comissão de Teses deste prêmio, temos a honra de comunicar que sua tese de TCC foi escolhida como a vencedora deste setor. A Comissão é composta pelos professores Waldomiro Vergueiro, Maria Cristina Merlo e Sonia M. B. Luyten.

Gostaríamos de contar com sua presença no evento a ser realizado no próximo dia 23 de julho de 2008 às 19h00 no Sesc Pompéia, em São Paulo.
[…]

Nossos votos de parabéns e, contando com sua presença, despeço-me,

Atenciosamente

Profa. Dra. Sonia M. B. Luyten
Presidente do 20 HQMIX

_____________________________________________________

uhul!
\o/

Muito bom ganhar, eba.
Ainda mais esse prêmio que é, vai lá, o “Oscar dos Quadrinhos brasileiros”.
Agora preciso fazer alguma coisa nova para publicar!
E fazer como o Cadu falou, caminhar rumo ao Eisner Awards! haha

Quem quiser ver os premiados desse ano abaixo, links com a lista:
universo hq
bigorna

Parabéns aos bróderes Jozz, Grampá, Kako, Bueno (2X!), Jukebox, Quadrinhópole, Cadu , todo o pessoal do menino caranguejo e o premiado especial desta edição do hqmix o Quarto Mundo!!, que é um coletivo de quadrinhos que eu faço parte. Ao mestre Laete. E todos os outros premiados! Viva os quadrinhos, viva o 4mundo! As arvres somos nozes!

Rolou no Anhembi, entre os dias 14 a 22 de junho, em comemoração aos 100 anos da imigração japonesa.
Eu participei junto com os moyashis fazendo intervenções em tapumes durante o evento.
Os tapumes de MDF foram cortados em forma de carrinho porque no início a gente iria ficar pintando em uma área que é uma garagem, no final ficamos em outro lugar, mas os carrinhos continuaram.

Acima o meu, que além de ter forma de carrinho acabou ficando com conteúdo de carrinho também.

Abaixo outras imagens da Invasão e do evento em geral.


trabalho do kako


trabalho da thais ueda


carrinho de introdução frente dos trabalhos do carlo giovani e da amanda grazini


o sambódromo que acolheu outro evento japa paralelo


Na edição deste mês da revista Galileu saiu esse infográfico acima sobre o Santo Daime.
A reportagem é sobre religiões que utilizam o chá ayahuasca em seus cerimoniais.
A bebida parece poderosa, mas não tive a oportunidade de experimentar. Fiquei só na parte de ilustração dessa vez.

Essa versão meio sepia não foi a que entrou na revista. Eu cheguei nela experimentando coisas no photshop, mas a ilustração final saiu com mais cores. Publico ela com exclusividade aqui, caros leitores do brog.

Sábado assisti a peça “Passagem das Horas”, dirigida pelo Antônio Ginco.
Ela é baseada no poema de mesmo nome de Álvaro de Campos, heterônimo de Fernando Pessoa.
A apresentação foi muito boa, apesar de um problema técnico com uma cadeira que quebrou logo no começo e incomodou as atrizes até o fim da peça.
As meninas (Juliana e Valkíria) se viraram muito bem e mantiveram a essência da peça em um nível bom.
Há vários recursos de linguagem do teatro que o Ginco aplica e que gosto bastante. Coisas com os objetos em cena e movimento das atrizes que conduzem as idéias.
Acredito que muito pode ser aplicado aos quadrinhos, que ás vezes ainda parece estar preocupado só em narrar os fatos.

Fotografei algumas cenas, conforme foi possível.
Sempre tenho algumas preocupações em situações assim… Uma é não incomodar os atores e o público com os meus cliques; outra é não comprometer o meu aproveitamento da peça me concentrando só em fotografar.

Eu não sei exatamente os dados aos que quiserem ir à peça, mas ela acontece sábado e domingo à noite (tipo umas 8h) na rua Belmiro Braga (uma travessa da cardeal arcoverde) em São Paulo.
O espaço é uma casa simpática que em breve vai funcionar como um ponto de atividades culturais.

Uma ilustraçãozinha para a Veja na Sala de Aula, que é um suplemento educativo que a gente faz as ilustras toda semana para editora Abril.
Essa era para uma aula sobre coisas que incomodam o sono.

Toda semana a gente tem colocado uma imagem nova no site da pingado.
Eu, que sou prático, acabei colocando duas vezes algum trampo que caia bem como homepage.

Mas teve uma vez que eu fiz uma ilustra sobre foto (acima) que ajuda a dar uma noção de como é nosso ambiente de trabalho.
Foi razoalvemente tranquilo de fazer (se bem que ficou com um arremate meio grosseiro em algumas partes, mas tudo bem).

Gosto bastante da primeira imagem que o Robles fez, parece um pastel oleoso, mas é photshops.
Mas as do Preto que parecem desenho de mesa do colégio tb ficaram legais.

Enfim, aos que forem visitar o site, basta ir clicando nas setinhas no canto inferior da homepage que muda a imagem.

Hoje de madrugada eu dei minha contribuição (acima) para a HQ infinita organizada pelo Gual, da livraria HQ Mix.
É um projeto que existe faz tempo, mas que nessa virada cultural está tendo uma grande evolução.

O esquema é assim, cada quadrinista faz uma página em uma hora, lá na livraria mesmo, continuando a história do ponto em que a pessoa anterior parou.
É complciado desenhar na hora, na vitrine da loja (!), com um monte de gente te vendo, mas é bacana. Tinha até um computador por lá, pra pintar, ajeitar e tal.
Tem um monte de gente genial nessa JAM e o resultado é bem legal. Fora que é divertido encontrar o pessoal e vê-los desenhando.

Quando completar 100 páginas será lançado um livro. Eu desenhei a página 52 e até o fim do evento talvez chegue bem perto de 100, acho.

Abaixo, o flyer oficial do evento.
Outra hora posto fotos, talvez.

A HQMix Livraria fica na Praça Roosevelt, 142, no centro de São Paulo.

Lá é o melhor e mais simpático lugar para achar quadrinhos em sp. Praticamente toda semana tem lançamento de alguma revista e, além disso, tem livros de arte, arquitetura e afins. Recomendo.

Hoje, ao longo da virada, o esquema vai continuar. Pretendo dar uma passada lá, entre um show e outro.

idéia original para roteiro de leandro robles.

Acima uma história em quadrinhos que foi publicada no suplemento “Veja na sala de aula” da editora Abril. Essa publicação é um encarte voltado para professores que transforma matérias de revista Veja em aulas.

A gente aqui do estúdio faz semanalmente ilustrações para eles em um esquema dinâmico. Em poucas horas a gente senta com os editores, define as imagens que a gente vai produzir e manda ver no desenho.

O tema da semana passada que eu transformei em HQ foi o “infinitivo verbal”.
Não é uma hq genial, mas como o tema é complicado mesmo resolvemos fazer uma tiração em cima da dificuldade da coisa.

sobre

Gil Tokio
São Paulo | Brasil
26 anos




BlogBlogs
Join My Community at MyBloglog!
Add to Technorati Favorites


novembro 2017
D S T Q Q S S
« jan    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

estatísticas

  • 103,303 hits

© copyright

Não é permitido o uso das imagens deste blog em qualquer mídia e território sob risco de penalidades legais. Muitas das imagens deste blog foram feitas sob encomenda e os diretos de uso são restritos.